Últimos ítens adicionados ao catálogo


CD - VOMITORY - Redemption + 05 bonus (Slipcase) - Nacional - Lanšamento Kill Again Records
R$ 35 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

CD - VOMITORY - Raped in Their Own Blood + 03 bonus (Slipcase) - Nacional - Lanšamento Kill Again Records
R$ 35 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

CD - VOMITORY - Revelation Nausea (Slipcase) - Nacional - Lanšamento Kill Again Records
R$ 35 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

CD - VOMITORY - Blood Rapture (Slipcase) - Nacional - Lanšamento Kill Again Records
R$ 35 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

CD - VOMITORY - Terrorize Brutalize Sodomize (Slipcase) - Nacional - Lanšamento Kill Again Records
R$ 35 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

CD - DEAD CONGREGATION - Graves of the Archangels - Importado
R$ 45 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

CD - DEAD CONGREGATION - Promulgation of the Fall - Importado
R$ 45 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

CD - ESKHATON - Nihilgoety - Importado
R$ 45 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

CD - DRAWN AND QUARTERED - Feeding Hells Furnace - Importado
R$ 45 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

LP - BATTLE AXE - We are on the Attack - Importado
R$ 100 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

LP - DESTROYER - Optimum D.S.I - Importado
R$ 100 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

CD - ESP - The Future is Now - Importado
R$ 45 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

CD - HELLION - You re Not Welcome Here - Importado
R$ 45 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

CD - RENEGADE (EUA) - Social Pressure - Importado
R$ 45 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

CD - HARBINGER - The Inevitable - Importado
R$ 45 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

CD - DESIRE - Cry At The Sky - Importado
R$ 45 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

CD - DESIRE - Screamer On The Rocks (The Lost Album) - Importado
R$ 45 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

CD - SHAKE THE FAITH - Shake the Faith- Importado
R$ 45 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

CD - SABRE - On the Prowl - Importado
R$ 45 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

CD - DAGGER - Deep Cuts - Importado
R$ 45 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

CD - CRYING STEEL - Steel Alive (Crying Steel EP + On The Prowl + 14 bonus) CD duplo, - Importado
R$ 60 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

CD - STRIKE - Back In Flames + 04 bonus - Importado
R$ 40 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

CD - GUNFIRE - Gunfire + 06 bonus - Importado
R$ 40 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

CD - I COMPAGNI DI BAAL - I Compagni Di Baal - Importado
R$ 40 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

CD - GODWATT - Necropolis + bonus - Importado
R$ 40 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

CD - HELSTAR - Nosferatu (Slipcase) - nacional
R$ 35 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

CD - BLITZKRIEG - Absolute Power (Slipcase) - Nacional
R$ 35 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

CD - V/A - VIOLATOR, FARSCAPE, BEYOND THE GRAVE, EXECUTER, THE FORCE, etc - Bonded by Thrash - A tribute to PAUL BALOFF - Lanšamento Kill Again Records
R$ 25 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

CD - SORCERY - Bloodchilling Tales + 12 bonus - Importado
R$ 45 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

CD - RAVENOUS DEATH - Chapters of an Evil Transition - Importado
R$ 45 - US $ 0 - EUR € 0
Add item to the basket

Basket | Empty the Basket




BANDAS

| Attomica | | BLACKSKULL | | Corpse Grinder | | Devil on Earth | | Eternal Devastation | | Insaintfication | | The Force | | Violator |

O Violator foi formado no começo do ano de 2002 por amigos que não tinham pretensão alguma a não ser tocar o velho Thrash Metal. A essência continua a mesma desde então. Quatro Thrash Maníacos - Pedro “Poney Ret“ (vc/bx), Pedro “Capaça“ (gt), Márcio “Cambito“ (gt) e David Araya (bt) - loucos por Vio-lence, Whiplash e Exodus, que respiram o espírito e a maneira Old School de se fazer Metal.

Depois de uma demo gravada ao vivo (Killer Instinct - 2002), duas compilações underground (Metalvox # 1 e Fast Food Thrash Metal – ambas de 2003) e dezenas de gigs em todos os buracos do Distrito Federal e região, o Violator teve a oportunidade de viajar para Assunção e tocar em terras paraguaias. Além disso, foi convidada para abrir o show de lenda do Thrash Alemão, Destruction e dos gringos deathbangers do Malevolent Creation.

Foi no começo de 2004 que a banda entrou em contato com o selo Kill Again Records – do editor do zine Metal Blood, Antônio Rolldão – e a partir dessa união, o que deveria ser uma segunda demo acabou como um EP, Violent Mosh. Quatro músicas de intenso Thrash Metal Old School, sem nenhuma brecha pra modernidade.

A divulgação intensa do selo, junto com uma vontade insaciável de tocar resultou em mais de 40 shows nos dois anos seguintes. O Violator viajou por mais de 10 Estados e teve o prazer de encontrar thrashers de todas as regiões do país. A turnê para terminar a divulgação do EP, batizada de Moshing With Violence Tour – 2005 passou por todo o Nordeste Brasileiro e levou a banda para tocar em plena Floresta Amazônica, na cidade de Portel, depois de encarar 20 horas de barco.

Uma dessas gigs thrash foi registrada para a primeira edição da Revista Da Tribo. Ela chegou às bancas de todo país acompanhada um DVD que registra a perfomance do Violator em Campinas/SP. O Violent Mosh ainda rendeu o primeiro lançamento da banda no exterior. Lançado pelo selo GrimArt da Bolívia, o EP teve sua versão em fita K7 como as antigas bandas dos anos 80, em versão limitada de 666 cópias.

A procura pelo EP superou todas as expectativas, o que levou a um relançamento em forma de Split com uma das grandes bandas thrash do Brasil, o Bywar. A união de Violent Mosh com Invincible War – primeiro disco dos headthrashers paulistas – se transformou em Violent War, que ainda trouxe um bônus especial com o Violator executando um cover para “Massacre” do histórico Taurus.

Nos últimos meses de 2005, a banda recebeu a pior notícia de toda sua história. O guitarrista, amigo e irmão, Juan Lerda teve de deixar a banda para continuar os estudos na Argentina, terra de sua família. O show de despedida foi ao lado dos finlandeses do Força Macabra, numa gig histórica com espírito underground e de “United Forces”, sentimentos que a banda sempre acreditou.

A saída de Juan não diminuiu a vontade da banda em fazer Thrash, viver Thrash e respirar Thrash. O Violator segue o começo de 2006 como power trio. Depois de seis meses trancados no estúdio Orbis em Brasília, a banda surge com o primeiro full-lenght, Chemical Assault. O lançamento do disco, em outubro do mesmo ano, também marca a volta da banda como um quarteto. Entra Márcio Cambito para trazer mais velocidade para as palhetadas e ainda mais insanidade aos shows. Os violadores de tímpanos estão mais fortes do que nunca. The Violation Has Just Begun!

www.violatorthrash.com